• Bebezão
  • Show da Manhã

    Bebezão

    08:00:00 às 12:00:00

A Cooperativa de Garimpeiros de Ourilândia do Norte pleiteia a legalização da exploração fora das áreas indígenas.

A interdição teve início logo nas primeiras horas do dia e provocou um grande congestionamento. O bloqueio está concentrado próximo ao rio Caeteté, entre Água Azul do Norte e Ourilândia do Norte.

publicado por: 24/10/2017



A Cooperativa de Garimpeiros de Ourilândia do Norte pleiteia a legalização da exploração fora das áreas indígenas
Garimpeiros usaram maquinários para fechar rodovia
Manifestantes interditaram a rodovia PA-279 na manhã desta terça-feira (24) em um protesto contra uma ação dos agentes do Ibama queimaram maquinários usados pelos garimpeiros nos garimpos da região. Os garimpeiros também querem a legalização da exploração de ouro nos garimpos.

A interdição teve início logo nas primeiras horas do dia e provocou um grande congestionamento. O bloqueio está concentrado próximo ao rio Caeteté, entre Água Azul do Norte e Ourilândia do Norte.

Na semana passada, fiscais do Ibama e agentes da Polícia Federal entraram em garimpos em Ourilândia do Norte, lacraram a área de exploração e colocaram fogo em várias máquinas que eram utilizadas na extração de ouro. A ação gerou uma grande revolta por parte dos garimpeiros e moradores locais, culminando com o fechamento da rodovia.

De acordo com um dos organizadores do protesto, o secretário da Cooperativa dos Garimpeiros de Ourilândia do Nort
Os manifestantes reivindicam a legalização da exploração de ouro nos garimpos
e, Bruno Jeferson, a manifestação é feita de forma pacífica e está prevista para terminar às 18 horas. Porém, poderá ser estendida caso o Ibama continue agindo de forma arbitraria. “Nosso movimento é pacífico, diferente da forma truculenta que somos tratados pelo Ibama. Porém, caso não haja um diálogo com os órgãos competentes para discutirmos a nossa situação vamos voltar a realizar interdição da rodovia” afirmou.

O prefeito de Ourilândia do Norte, Romildo Veloso e Silva (PSD), encontra-se em Brasília junto ao deputado Joaquim Passarinho (PSD), na tentativa de uma reunião com representantes do Ibama e do Ministério do Meio Ambiente, para encerrar o protesto.

A rodovia PA-279 é o único meio de ligação entre os municípios de Água Azul do Norte, Ourilândia, Tucumã e São Félix do Xingu. E é a via de escoamento da produção de muitas indústrias frigoríficas e da mineração como a da Vale, que fica em Ouril
Destruição de máquinas é um dos principais motivos do protesto
ândia. A região é também uma das maiores produtoras de gado bovino do Brasil.

REVOLTA: As imagens fortes de máquinas sendo queimadas nos garimpos pelos fiscais do Ibama têm provocado muita discussão entre a opinião pública sobre a forma com que o órgão de proteção ambiental e as forças policiais têm agido nos garimpos, no que diz respeito à destruição do patrimônio dos garimpeiros. Muitos se questionam por que os órgãos de fiscalização não colocam as prefeituras da região como fiel depositário desses maquinários, para que ao invés de serem destruídos, eles possam ser utilizados em benefício de obras públicas.

OUTRO LADO: A reportagem entrou em contato com a gerência do Ibama em Marabá, a qual é responsável pelas operações do órgão no sul do Pará, mas a única pessoa que poderia passar qualquer informação, que é o titular da repartição, Wildemberg Oliveira, estava em reunião e não pôde atender.



Localização

SIG Quadra 02 - Lote 340 - São Felix do Xingu - PA

CEP: 70.610-901

Fone: 94981415370

E-mail: contato@radiocorreiofm.com.br